Superintendente ignora possibilidade de contaminação por Coronavírus e convoca bancário ao trabalho em Juiz Fora

Sindicato denuncia negligência com saúde dos trabalhadores e clientes em momento crítico do contágio e internação na cidade.

 
Mais um caso de Covid-19 foi confirmado na sexta-feira (20) entre bancárias/os de uma agência da Caixa de Juiz Fora. Uma bancária que trabalha na agência do Mariano Procópio testou positivo. De acordo com informações repassadas e confirmadas pelo SINTRAF JF, o gerente geral da agência seguiu corretamente todos os protocolos sanitários e de segurança estabelecidos pela Caixa. Os empregados que tiveram contato com a bancária foram contactados e encaminhados para testagem. 
 
Porém, o Superintendente de Varejo (SEV) desconsiderando o risco de contaminação e os cuidados com a saúde das/os trabalhadoras/es, convocou ao trabalho um empregado que aguardava o resultado da testagem e, que inclusive, portava um atestado médico. A vice-presidenta do SINTRAF JF e empregada da Caixa, Lívia Terra, acompanha o caso e detalha o ocorrido: "Acontece que um dos contatantes que aguardava o resultado do exame estava escalado para trabalhar no sábado na agência Paraibuna. O Superintendente de Varejo (SEV) foi avisado que o empregado havia tido contato com a funcionária contaminada e estava aguardando o resultado do exame, tendo, inclusive, um atestado médico dado pela telemedicina da Caixa. O SEV ignorou o aviso e o risco. Mesmo assim convocou o empregado para o plantão na agência Paraibuna.". 
 
O resultado do exame deu negativo e, felizmente, o empregado não estava contaminado. Mas caso estivesse, a irresponsabilidade do SEV teria colocado a saúde das/os empregadas/os e clientes em risco.
 
Lívia ressaltou tamanha negligência do SEV ao convocar o empregado: "É não levar a sério a saúde dos empregados e da população. Isso num momento em que os casos estão aumentando e que os leitos de hospital estão lotados".
 
O sindicato acompanha a situação de contaminação entre as/os bancárias/os e solicita a categoria que denuncie à entidade qualquer abuso, prática assediadora ou negligente que coloque em risco a saúde das/os empregadas/os e dos clientes.
 
Com informações SINTRAF JF


Compartilhe!