Antecipação de dividendos da Vale deve impactar resultados da Funcef e contribuir para redução do déficit

A mineradora Vale SA anunciou, no dia 22 de setembro, que vai pagar R$ 8,19 por ação em dividendos aos seus acionistas no próximo dia 30. Segundo a companhia, o valor foi apurado com base no balanço levantado em 30 de junho de 2021 e refere-se à antecipação da destinação do resultado do exercício deste ano.

A antecipação dos dividendos deve impactar o resultado dos planos da Funcef no terceiro trimestre e contribuir significativamente para a redução do déficit.  

O investimento na companhia, direto ou indireto, tem sido o principal responsável pelos resultados positivos da Funcef. No exercício de 2020, a Vale teve rentabilidade de 65,4%, com ganho de R$ 4,1 bilhões. O maior impacto foi nos planos REG/Replan Saldado e Não Saldado, carregados deste ativo. Como consequência do desempenho positivo da Vale no ano, foi possível reduzir, em média, 16,5% das alíquotas do equacionamento no Não Saldado a partir da folha de abril de 2021. 

No primeiro semestre deste ano, o investimento obteve uma rentabilidade expressiva de 49,31%, com resultado de R$ 4,2 bilhões.

Com informações Fenae


Compartilhe!